Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
1


Partilhe este Site...


luna

Muitos me perguntam sobre nossos caminhos... 

Muitos tem as sensações de ter andado por entre eles, mas ainda trazem dentro de si o medo da programação que nos impuseram sobre a bruxaria.... 

Porgramações de horror, de medo, de tortura, de rituais macabros onde sacrificios de sangue são feitos a todo o tempo... 
Não, a bruxaria nada tem a ver com essa programação, somos seres do Universo plenos em nossos caminhos de amor, de paixão e dedicação a Natureza, preservamos e amamos o que é mais lindo em nós... "A VIDA" em sua totalidade... 
A vida nos trás a liberdade de escolhas, de sentimentos e ações... e isso é ser bruxa... 
Ser livre, ter asas para redescobrir cada mistério oculto dentro de nós mesmas... quem somos na verdadeira essência... 
Relembrar, Reviver, Reafirmar, a vontade de ser Livre, correr, cantar, sonhar, se deitar sobre a relva em uma noite de luar e reverênciar com toda a emoção a Grande Criadora de tudo o que temos.... Nossa Grande Mãe... 
Carinhos... Luna de Haya... 

Nova camada...

ORAÇÕES
ORAÇÕES

 

 GFD

 

E assim surgiram todas as coisas

 

“No momento infinito, antes de tudo,

a Deusa levantou-se do Caos e deu

nascimento á Ela mesma.

 

Isto foi antes de ela Ter nascido,

até Ela própria.

E quando separou o céu das águas,

Ela dançou sobre elas.

 

Conforme Ela dançava, assim aumentava seu êxtase

e em Seu êxtase Ela criou tudo o que existe.

 

Seus movimentos provocavam os ventos e assim

o elemento Ar nasceu e respirou, e a Deusa

nomeou a Si mesma de Arianrhod, Cardea e Astarte.

 

E faíscas saíam de seus pés conforme Ela dançava

e brilhavam como o Sol, e as estrelas se prenderam em Seus

cabelos. Os cometas passavam sobre Ela e assim o elemento

Fogo nasceu e a Deusa nomeou a Si mesma de: Sunna, Vesta e Pele.

 

Sob os Seus pés moviam-se as águas formando ondas e assim

os rios e lagos passaram a fluir e Ela nomeou a Si mesma de:

Binah, Mari Morgine e Lahshmi.

 

 

E procurando descansar Seus pés na dança,

produziu a Terra de modo em que as margens dos rios

e mares fossem os Seus pés; as terras férteis, o Seu ventre;

as montanhas, os Seus seios  fartos e

Seus cabelos todas as coisas que crescem,

e a Deusa nomeou a Si mesma de:

 

Cerridrew, Deméter e Mãe do Milho.

 

E Ela se tornou Àquela que é, foi e será.

Nascida de sua própria dança sagrada,

Do prazer cósmico e da alegria infinita.

 

Ela sorriu e criou a mulher á Sua própria imagem,

Para ser a sua Sacerdotisa.

 

De seus elementos – Terra, Ar, Fogo e Água –.

A Deusa criou o Seu Consorte para lhe dar amor,

Prazer, companheirismo e para compartilhar.

 

A Deusa falou então às Suas filhas:

 

-         Eu Sou a Lua que iluminará

os seus caminhos e revelará os seus ritmos.

-         Eu Sou a dançarina e a dança.

-         Eu Me movo sem movimento.

-         Eu Sou o Sol que dá calor

para germinar e crescer.

-         Eu sou tudo o que será.

-         Eu Sou o vento que virá ao seu chamado

e as águas que oferecem a alegria.

- Eu Sou o Fogo da dança da vida

e a Terra abaixo de seus pés dançantes.

-         Eu dou á todas as minhas Sacerdotisas

Os três aspectos que são Meus:

 

-         Sou Ártemis, a Donzela dos animais

e a virgem da caça.

-         Eu Sou Isis, a Grande Mãe.

-         Eu Sou Ngame, a Deusa ancestral que sopra a mortalha.

-         Eu serei chamada pôr milhões de outros nomes.

 

-         Chamem pôr Mim minhas filhas, e saibam que Eu Sou

 

Nêmenis. Nós todas somos Donzelas, Mães e Anciãs.

 

-         Oferecemos nossa energia criada ao espirito das mulheres

que foram, ao espírito das mulheres que virão e ao espírito

das mulheres que crescerão.

 

-         E assim vamos evoluir juntas.

 

Mito Diânico da Criação......